Mundo Orgânico
CLOSE
Topo
Carbone Neutre
Entre mai 2006 et avril 2007, Native a effectue un bilan des émissions de gaz a effet de serre (GES) de la filière biologique de l'Usine de Sao Francisco (UFRA). Cette évaluation a été réalisée selon le protocole GHG - modèle international pour mesurer les émissions - en considérant les effets de la culture de la canne et la production de sucre et d'alcool a l'usine. Compte-tenu qu'une partie de cette production est destinée a l'exportation, l'énergie nécessaire pour le transport de ces marchandises vers leur destination finale (USA, Europe, Japon) a également été prise en compte.

Les quantités d'émissions trouvées pour UFRA sont plus basses que les niveaux moyens d'émissions de l'industrie de la canne a sucre, du fait de ses méthodes de production biologiques. Comparée a la production de sucre a partir de la betterave en Europe ou au Japon, ou encore a la production de sucre a partir de la betterave ou du mais aux Etats-Unis, les écarts sont encore plus nets, car ces méthodes de production fonctionnent a partir d'énergies fossiles alors que UFRA utilise de l'énergie a base de bagasse de canne a sucre.
Click here to contact us
Base
Fechar
Enviar
Transparente
Nome do amigo  *
Email do amigo  *
Nome do amigo  *
Email do amigo  *
Benefícios da Agricultura Orgânica

O agricultor orgânico considera a natureza sua aliada. Para realizar o cultivo, ele avalia fatores como as condições e natureza do solo, o clima, o regime hídrico, a precipitação média, a biodiversidade local e até mesmo a influência dos astros nos ciclos naturais.

Com essa avaliação que envolve o conhecimento de diversas ciências, como geologia, astronomia, agronomia e ecologia, ele organiza seu sistema de produção de forma a favorecer o equilíbrio natural do solo, preservando sua fertilidade. O cultivo orgânico promove a constante reciclagem dos nutrientes essenciais para as plantas, conferindo maior eficiência ao sistema. Para tanto, ele se vale de insumos biológicos. Efluentes orgânicos e resíduos vegetais são utilizados para a formação de um composto que, aplicado ao solo, transforma-se em húmus, substância extremamente benéfica para o solo e as plantas.

Atraídos pela matéria orgânica, os microrganismos tornam a terra porosa, solta e permeável à água e ao ar, além de transformar essa matéria orgânica em alimento para as plantas, ativando a vida do solo. Pragas e doenças também são combatidas por meio de métodos naturais, controlando possíveis infestações sem destruir a fertilidade do solo. Os consumidores dos alimentos orgânicos são os principais beneficiados, pois ingerem alimentos ricos em nutrientes, com a certeza de que não há qualquer contaminação por substâncias químicas. 

O agricultor, por sua vez, reduz seus custos ao evitar a compra de fertilizantes e defensivos químicos, reaproveitando resíduos de sua própria fazenda. E o meio ambiente é preservado, com grandes ganhos de biodiversidade.