Projeto Cana Verde
CLOSE
Topo
Carbone Neutre
Entre mai 2006 et avril 2007, Native a effectue un bilan des émissions de gaz a effet de serre (GES) de la filière biologique de l'Usine de Sao Francisco (UFRA). Cette évaluation a été réalisée selon le protocole GHG - modèle international pour mesurer les émissions - en considérant les effets de la culture de la canne et la production de sucre et d'alcool a l'usine. Compte-tenu qu'une partie de cette production est destinée a l'exportation, l'énergie nécessaire pour le transport de ces marchandises vers leur destination finale (USA, Europe, Japon) a également été prise en compte.

Les quantités d'émissions trouvées pour UFRA sont plus basses que les niveaux moyens d'émissions de l'industrie de la canne a sucre, du fait de ses méthodes de production biologiques. Comparée a la production de sucre a partir de la betterave en Europe ou au Japon, ou encore a la production de sucre a partir de la betterave ou du mais aux Etats-Unis, les écarts sont encore plus nets, car ces méthodes de production fonctionnent a partir d'énergies fossiles alors que UFRA utilise de l'énergie a base de bagasse de canne a sucre.
Click here to contact us
Base
Fechar
Enviar
Transparente
Nome do amigo  *
Email do amigo  *
Nome do amigo  *
Email do amigo  *
Bioenergia

Projeto MDL


A Bioenergia Cogeradora S/A, empresa do Grupo Balbo, desenvolveu com o apoio do PNUD - Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, o Projeto de MDL (Mecanismo de Desenvolvimento Limpo), cujo Documento de Concepção de Projeto (Project Design Document - PDD), está à disposição no site da Native para conhecimento e comentários.

Este projeto visa, em última instância, a emissão de Certificados de Emissões Reduzidas - CERs, tendo como base duas unidades de cogeração de energia elétrica a partir de bagaço de cana de açúcar, localizadas nas Usinas Santo Antônio S/A e São Francisco S/A, ambas no Município de Sertãozinho, estado de São Paulo.

O projeto do PNUD, que tornou possível o apoio oferecido à Bioenergia, surgiu do processo intergovernamental da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas - CQMC, em uma proposta abrangente intitulada Capacity Building Support for a Clean Development Mechanism (CBS/CDM), preparado conjuntamente pelo Secretariado da CQMC e diversas agências/programas das Nações Unidas, tais como PNUD, UNCTAD e UNIDO.

Custeado pela Fundação das Nações Unidas - UNF, tem ainda o World Business Council for Sustainable Development - WBCSD, como seu parceiro implementador.

A participação da Bioenergia no referido projeto do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento aconteceu no contexto da elaboração da "Componente Brasil", mediante a qual o PNUD visa obter a sensibilização e o engajamento do setor privado nas atividades de MDL. Dentro dessas premissas, foi selecionada a Bioenergia Cogeradora S/A, que recebeu assistência técnica do PNUD no desenvolvimento do conjunto de procedimentos necessários para a criação de um projeto de MDL, em base comercial, que foi implantado em conformidade com os procedimentos definidos em nível nacional (Comissão Interministerial de Mudança Global do Clima) e internacional (Comitê Executivo do MDL).

Para esse fim foi contratado pelo PNUD o consórcio técnico Climate Change Network - CCN, o qual foi encarregado de elaborar o Projeto de MDL da Bioenergia, cuja documentação pode ser acessada através dos links abaixo, bem como imagens das usinas onde foi implantado o projeto.

Agradecemos por sua opinião a respeito de nosso trabalho e nos colocamos à inteira disposição.
Cordialmente,

Bioenergia Cogeradora S/A

Grupo Balbo

 


Anexo: Download do manual